Se o arrependimento matasse você não estaria aqui

Se o arrependimento matasse você não estaria aqui - Auto Investimento

Não abandone a leitura, você também poderá se arrepender

O que mantém o Auto Investimento forte e em busca de maiores voos é o fato de que todas as nossas publicações são feitas com base em uma área de conhecimento e/ou desenvolvimento em que estamos vivenciando no exato momento em que ela é escrita. Já abordamos por aqui diversos assuntos sobre a área financeira, relacionamentos, corpo e mente, lado emocional, profissional e outros comportamentos, mas hoje pela manhã, enquanto procurava a próxima pauta lendo alguns e-mails na minha caixa de entrada, me deparei com uma citação de um filósofo dinamarquês, Søren Kierkegaard, na qual dizia o seguinte:
Case e você vai se arrepender. Não se case, e você também vai se arrepender. Casar ou não casar, você vai se arrepender de qualquer maneira. Ria da loucura do mundo, você vai se arrepender. Chore sobre isso, você vai se arrepender também. Se enforque, você vai se arrepender. Não o faça e você vai se arrepender disso também. Quer você se enforque ou não, você vai se arrepender de ambos. Isto, senhores, é a essência de toda a filosofia.
Confesso que não havia dado a menor importância para a citação, no entanto, fiquei curioso para ler novamente e, para a minha sorte, pude compreender a essência e achar que deveria compartilhar isso com nossos leitores. Todo ser humano tem uma característica em comum, o arrependimento. É fácil dar alguns exemplos, além dos citados anteriormente por Kierkegaard: “Se eu tivesse investido meu dinheiro antes“, “Se eu tivesse acordado cedo“, “Se eu tivesse comprado um apartamento“, “Se eu não fosse velho/jovem demais“, etc etc etc…
Todas as citações acima ilustram algumas reclamações que estão sempre associadas ao arrependimento, simplesmente porque qualquer decisão que você tome na vida será passível de algum arrependimento, seja porque você tenha feito ou não alguma coisa. Você pode, e vai, se arrepender por ter guardado dinheiro demais ou por nunca ter guardado um tostão; Pode, e vai, se arrepender por ter comprado um carro novo ou usado, enfim, todas as decisões implicam em algum arrependimento, seja porque algo tenha dado certo ou errado.
Fique Atualizado!
Você pode se arrepender por ter investido menos do que deveria em determinado título e ele ter valorizado além do esperado, vai se arrepender se investiu além do que gostaria no mesmo título e ele valorizou menos do que você esperava, vai se arrepender por ter começado a investir “tarde demais” e ter perdido alguma oportunidade, vai se arrepender por ter começado “cedo demais” e não ter estudado o suficiente, vai se arrepender também por ter desistido da viagem dos seus sonhos por conta do medo, ou então vai se arrepender por ter feito a viagem dos seus sonhos mas ter perdido algumas coisas que tinha antes de viajar.

Viva o presente e não se importe com o arrependimento

Os motivos para se arrepender sempre vão existir e você vai ter que aprender a viver com eles. Falando de fora parece fácil e eu compreendo, mas a essência da vida é exatamente essa, imagine o quão sem graça seria viver sem o frio na barriga do medo e do arrependimento. Cada um sabe a dor e a alegria de ser e viver aquilo que é a cada dia, mas eu prefiro acreditar que cada um desses sentimentos são gerados para o nosso próprio crescimento e nós precisamos superar cada um deles como se fossem etapas de um jogo e a regra principal é clara, devemos viver para superá-los ou seremos eternas vítimas.
Se você preferir ficar estagnado, sem fazer nada, ainda assim irá se arrepender por ter vivido em vão, e mesmo assim, o arrependimento irá bater na sua porta, acredite! Ou seja, faça aquilo que você tiver vontade de fazer no devido momento, realize seus sonhos diariamente, vá para a luta, dê sua cara à tapa, acredite em você mesmo, levante-se e siga em frente e, se no final bater aquele arrependimento, faça tudo de novo, faça diferente, faça aquilo que sentir que deve ser feito!
O importante é nunca desistir!
Deixe seu comentário abaixo compartilhando alguma experiência conosco e compartilhe essa mensagem com seus amigos para que possamos fortalecer nossa corrente colaborativa e ajudar cada vez mais pessoas. E, claro, conte com a gente para enviar sua opinião desse post, seja no campo abaixo, ou enviando um e-mail para a gente.