Robert Kiyosaki: Investidor, empreendedor e mentor do Auto Investimento

Robert Kiyosaki: Investidor, empreendedor e mentor do Auto Investimento
Robert dispensa apresentações, caso você não o conheça, certamente ainda não começou a estudar sobre finanças, investimentos e, claramente, não conhece o livro “Pai Rico, Pai Pobre”. Robert Kiyosaki é conhecido mundialmente por ser o autor do best-seller que vendeu mais de 30 milhões de cópias em mais de 80 países. Possui uma invejável experiência de empreendedor e investidor, impactando diariamente a vida de milhões de pessoas com sua visão diferenciada sobre o modo tradicional de se pensar em dinheiro.
Fique Atualizado!

Alguns aprendizados extraídos de Robert Kiyosaki sobre educação financeira

O quadrante do fluxo de caixa por Robert Kiyosaki
Com certeza a maior parte do tempo em que esteve no palco do NAC, Kiyosaki falou sobre a imagem acima, o quadrante do fluxo de caixa, como chama em seu livro. Resumidamente, ele contempla os diferentes padrões de mindset financeiro: Empregado, Profissional autônomo, Empresário e Investidor.
Ele crítica veementemente o sistema de ensino que nos ensina desde muito cedo à tirar boas notas no colégio, nos formarmos em uma boa faculdade, arrumar um bom emprego, poupar dinheiro, evitar dívidas e investir na bolsa de valores. Além disso, ele afirma que o sistema de educação foi feito para enriquecer o governo, os bancos e os balcões da bolsa de valores. Para garantir a independência financeira, é preciso educar-se com professores e informações corretas.
Robert questiona a veracidade do dinheiro em espécie, afirmando que desde 1971, quando Nixon desvinculou o dólar do ouro, as coisas começaram a piorar. Desde então, os bancos passaram a imprimir dinheiro mediante a necessidade e, consequentemente, o dinheiro passou a sofrer com uma enorme desvalorização. Kiyosaki vai ainda mais afundo ao afirmar que o dinheiro como conhecemos é falso, justamente por estar circulando sem lastro, alô bitcoin!

Recomendações de Robert Kiyosaki

Robert Kiyosaki recomenda fortemente o investimento em ouro, prata, outras commodities e algumas moedas fortes, como o Franco Suíço, por acreditar que sejam investimentos mais seguros e com maior potencial de crescimento, se comparado com o próprio dólar, euro ou até mesmo o real.
Além desses investimentos, ele recomenda o investimento em imóveis, mas como ativos financeiros e não passivos (geradores de despesas). Em sua contabilidade, Robert compra diversos imóveis, sempre que possui lucro em suas operações, para evitar o custo com impostos pagos ao governo. Basicamente, ele compra imóveis com dinheiro emprestado de bancos e faz com que os inquilinos desses imóveis paguem a dívida, como forma de amortização, até que esse aluguel comece a gerar renda passiva automaticamente, aproveitando ainda a depreciação no valor do imóvel, como forma de valoriza-lo.

O segredo é a educação financeira correta

Além de todos os conceitos abordados, o autor ainda questiona algumas ideias padrões da nossa sociedade, na qual ele afirma que poupadores são perdedores e que a sua casa não é um ativo, mas sim um passivo, que gera despesas mensalmente, completamente o oposto da filosofia que aplica.
Por fim, o conceito principal abordado por Robert é a educação financeira correta, que é mais importante que o próprio dinheiro. Por conta disso, ele prega que enquanto trabalharmos pelo dinheiro, nunca seremos realmente ricos.
As aulas que Robert Kiyosaki deu no NAC foram muito valiosas e muito completas, tornando impossível descrever tudo em um único post, farei mais alguns no futuro para abordar outros aprendizados, mas o mais importante agora é ouvir a sua opinião e o seu comentário sobre os conceitos abordados até aqui e, claro, se você já leu o livro “Pai Rico, Pai Pobre”, já deve ter associado algumas dessas lições com o livro. Caso não conheça, clique aqui e conheça mais sobre ele.

Aproveite e fique por dentro de outras lições dos palestrantes do NAC 2017: